WHAT'S NEW?
Loading...

Empresas devem gerar 50 mil empregos no Brasil e R$ 130 bilhões em investimentos

Resultado de imagem para EMPREGOS Campos OFFSHORE BRASIL

Em 30 anos, a projeção é de 50 mil novas vagas de emprego e US$ 29 bilhões (cerca de R$ 130 bilhões) de investimentos para a exploração das duas principais áreas oferecidas no megaleilão da última semana, que foram arrematadas pela Petrobras: os blocos Búzios e Itapu, na Bacia de Santos, que ficam no litoral fluminense.

Juntas, as duas áreas devem aumentar em 30% o volume das reservas brasileiras em exploração, para cerca de 33 bilhões de barris, estima a consultoria.

Os dados foram previstos pela consultoria britânica Wood Mackenzie, especialista em cadeias produtivas dependentes de recursos naturais como o óleo e gás.

O Rio de Janeiro será um dos estados mais beneficiado com a exploração dos blocos que foram vendidos, elevando os investimentos na indústria de petróleo

A expectativa de arrecadação do governo na semana passada, com o megaleilão do pré-sal, era cerca de 106,5 bilhões de reais em bônus de assinatura. Em vez disso, o Brasil recolheu pouco menos de 70 bilhões de reais.

Imetame encerra a semana com novas vagas de emprego para profissionais de ensino médio e superior.

Vagas para profissionais talentosos em multinacional para atividades offshore e onshore
A maior cervejaria da América Latina investirá R$ 600 milhões em usina eólica no Nordeste

Nenhuma empresa privada fez ofertas por campos que sabidamente detêm bilhões de barris de petróleo não explorados e esse comportamento inesperado foi decepcionante para o mercado.

A estimativa não leva em consideração os R$ 70 bilhões a serem empenhado pelas vencedoras dos leilões a título de bônus de assinatura.

Na quarta-feira, a Petrobras e as chinesas CNOOC e CNODC, sendo cada uma delas com 5% de participação no consórcio, levaram o direito de explorar Búzios, a área mais promissora entre as ofertadas no megaleilão, considerado o sétimo maior campo de exploração de petróleo no mundo. Itapu ficou só com a estatal brasileira.

De acordo com Ricardo Bedregal, consultor da IHS Markit, a conta de investimentos pode ser ainda maior, alcançando US$ 50 bilhões, principalmente se considerado o gigantismo de Búzios.