WHAT'S NEW?
Loading...

Empresa nacional recupera eixo e fabrica acoplamento de Submarino no Rio de Janeiro

Resultado de imagem para Metalock Brasil submarino

Os técnicos da Metalock Brasil realizaram um levantamento dimensional das profundidades dos sulcos, dano causado pelo desacoplamento do flange. Após análise, decidiram usinar o eixo cônico para diâmetro final, seguindo a norma de não alterar a sua geratriz.

Resultado de imagem para Metalock Brasil submarino

Seguiram com procedimento para usinagem de campo, incluindo a fabricação de um dispositivo para possibilitar a rotação do eixo gerador e, então, a realização da usinagem.

Resultado de imagem para Metalock Brasil submarino

O equipamento de usinagem foi montado na lateral do eixo e iniciou-se o alinhamento, usando o próprio eixo como referência de centralização. Seguiu-se com a correção do cone avariado, respeitando a norma de rugosidade ABNT ISO 4287, e com a montagem da fresa portátil e recuperação dos canais de circulação de óleo que havia na área de montagem do acoplamento. Procedimentos em conformidade com a norma ANSI/AGMA 9112-B15 e ANSI/AGMA 9103-B08.

Os profissionais da Metalock Brasil fabricaram e forneceram um novo flange de acoplamento padrão SKF, em aço SAE 1050, forjado, com dureza de 80/85 Hrb, com dimensões de acordo com as novas medidas da ponta do eixo. No procedimento também foram respeitados os valores e tolerâncias de rugosidade das normas ABNT ISO 4287, ANSI/AGMA 9112-B15 e ANSI/AGMA 9103-B08.

O reparo seguiu com a fabricação de um novo flange de acoplamento, correção dos canais de óleo da pista do cone e ajuste com lapidação a bordo para verificar a porcentagem da pega.

Após a montagem do acoplamento no eixo para controle final, o serviço foi concluído e aprovado pelo engenheiro da embarcação.