WHAT'S NEW?
Loading...

Petrobras anuncia teasers para venda de oito Refinarias

Resultado de imagem para venda de oito Refinarias

A Petrobras nuncia o início da etapa de divulgação de oportunidades (teaser) relacionada à venda de ativos de refino e logística associada no Brasil.

Os desinvestimentos representam cerca de 50% da capacidade nacional de refino, com um total de 1,1 milhão de barris de óleo processado por dia, e incluem a venda dos seguintes ativos: Refinaria Abreu e Lima (RNEST), Unidade de Industrialização de Xisto (SIX), Refinaria Landulpho Alves (RLAM), Refinaria Gabriel Passos(REGAP), Refinaria Getúlio Vargas (REPAR), Refinaria Alberto Pasqualini (REFAP), Refinaria Isaac Sabbá(REMAN) e Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (LUBNOR), bem como os ativos logísticos integrados a essas refinarias.

A venda dessas oito refinarias será realizada de acordo com a metodologia de desinvestimento da Petrobras, por meio de processos competitivos independentes, que serão realizados em duas fases.

A primeira fase, cuja etapa de divulgação de oportunidades começa hoje, inclui as seguintes refinarias: a RNEST em Pernambuco, a RLAM na Bahia, a REPAR no Paraná e a REFAP no Rio Grande do Sul, além de seus correspondentes ativos logísticos.

Os teasers da segunda fase, compreendendo as refinarias REGAP, REMAN, SIX e LUBNOR e seus correspondentes ativos logísticos, serão divulgados ainda este ano.

As seguintes fases principais do projeto serão oportunamente informadas ao mercado.

Os desinvestimentos a jusante estão alinhados com a otimização da carteira e a melhoria da alocação de capital, visando maximizar o valor para os nossos acionistas.

Temos mais de 100 plataformas de produção, 16 refinarias, 30.000 quilômetros de dutos e mais de 6.000 estações de serviço. Nossas reservas provadas estão em torno de 14 bilhões de barris de petróleo, um número que deve dobrar nos próximos anos. Com a descoberta de petróleo e gás na região do pré-sal, o Brasil pode se tornar o quarto maior produtor mundial de petróleo em 2030.

Construímos um histórico de superação de desafios desde 1953, quando a empresa foi criada. O principal deles foi o desenvolvimento de tecnologia para explorar e produzir petróleo em águas profundas e ultraprofundas, onde mais de 90% de nossas reservas estão aninhadas. Com inovação e ousadia, somos agora a empresa brasileira que mais aplica patentes no Brasil e no exterior.