WHAT'S NEW?
Loading...

Gás Natural Açu já contratou mais de 100 alunos no seu Programa de Qualificação Profissional

Resultado de imagem para Gás Natural Açu

A GNA – Gás Natural Açu, responsável pela construção do maior parque termelétrico a gás natural da América Latina, tem mais um marco a comemorar. Os empreendimentos da GNA já contrataram mais de 100 alunos formados pelo Programa de Qualificação Profissional da GNA, lançado em novembro do ano passado. As áreas de montagem de equipamentos mecânicos e elétricos foram as que mais contrataram nesse período devido à fase atual projeto.

“Nosso programa foi criado com muito carinho, no intuito de capacitar a população local para oportunidades nas obras da GNA e em outros empreendimentos da região. Este resultado atesta o sucesso do programa e estamos trabalhando para continuar aumentando esses números, afirma a head de Recursos Humanos da GNA, Angela Serpa

O Programa de Qualificação Profissional contou um interesse grande do público feminino, sendo possível a formação de uma turma de solda, formada exclusivamente por mulheres. Todas as alunas que concluíram o curso foram contratadas. Hoje, cerca de 200 mulheres estão trabalhando na construção da termelétrica.

“Estou muito feliz e agradecida por ter o privilégio de ser contratada, pela credibilidade que ganhamos com esse curso oferecido pela GNA e Senai. Meu muito obrigada!”, afirma Jenaina Ramos, uma das alunas formadas pelo Programa de Qualificação Profissional da GNA.

Mais de 150 alunos participam de outros três cursos que vão até outubro deste ano. Os cursos visam qualificar os moradores de São João da Barra para futuras oportunidades de trabalho em toda região. O Programa de Qualificação Profissional conta com apoio da Prefeitura de São João da Barra e da Firjan Senai.

Atualmente, mais de 4.000 pessoas estão trabalhando na construção da usina termelétrica GNA I, que tem capacidade de 1,3 GW.

Sobre a GNA 


A Gás Natural Açu (GNA), resultado de uma parceria entre a Prumo Logística, a BP e a Siemens, está construindo no Porto do Açu (RJ) o maior parque termelétrico a gás natural da América Latina. O projeto compreende a implantação de duas térmicas movidas a gás natural (GNA I e GNA II) que, em conjunto, alcançarão 3 GW de capacidade instalada, além de um terminal de regaseificação de GNL (Gás Natural Liquefeito), de 21 milhões de metros cúbicos/dia.