WHAT'S NEW?
Loading...

Evo Morales e Putin assinam acordos para investimentos no Brasil

Resultado de imagem para Evo Morales e Putin assinam acordos para investimentos no Brasil

Os presidentes da Bolívia, Evo Morales, e da Rússia, Vladimir Putin, assinaram na quinta (11) acordos para o desenvolvimento de negócios na área de gás natural na Bolívia e no Brasil. Envolve, contudo, um negócio que nem sequer foi fechado, no caso, a compra da planta de fertilizantes UFN III, da Petrobras, em Três Lagoas (MS). A empresa russa Acron está na disputa pelos ativos.

— O acordo entre a YPFB e a Acron prevê fornecimento de 2,2 milhões de m³/dia de gás natural, por 20 anos, a partir de 2023, para a UFN III. A YPBF será sócia da UFN III, com 12% da fábrica e direito de elevar a participação para 30%.

— A venda da fábrica não foi fechada com a Petrobras, que retomou as negociações da UFN III e da Araucária Nitrogenados (Ansa) em 14 de junho, após decisões judiciais favoráveis no STF (liberou a venda de subsidiárias sem precisar passar pelo Congresso) e na Justiça Federal do Rio de Janeiro.

Com a Gazprom, foi fechado um compromisso para negociação de um contrato de serviços na região de Vitiacua, que precisa passar pelo parlamento boliviano. Envolve investimentos de US$ 1,1 bilhão para produzir 12 milhões de m³/dia de gás natural a partir de 2028.

Na esteira das reformas que estão sendo promovidas no Brasil para abertura do mercado de gás, a YPBF está se movendo para ter uma posição majoritária na importação do energético da Bolívia.

— Já anunciou que tem interesse em disputar a compra de 51% da TBG, que será ofertada pela Petrobras e tem atuado para desenvolver o mercado no Brasil, aproximando-se dos governos do MS e MT.