WHAT'S NEW?
Loading...

Rumo diz que vai avaliar Fiol e Ferrogrão; governo prevê editais para este ano


Imagem relacionada

A Rumo, maior operadora ferroviária do Brasil, avaliará eventual participação em leilões das futuras concessões da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e da Ferrogrão, disse o integrante do conselho da administração da empresa, Júlio Fontana Neto, ex-CEO da companhia.

Ferrogrão e Fiol estão entre os mais importantes projetos ferroviários para o escoamento de commodities, como grãos e minério de ferro, do Brasil.

“Temos por obrigação estudar todo e qualquer projeto, vamos estudar com certeza”, afirmou ele a jornalistas, ao ser questionado sobre o assunto durante evento do Lide em São Paulo.

O governo federal tem expectativa de publicar ainda neste ano os editais para os leilões das concessões da Fiol e da Ferrogrão, disse nesta sexta-feira uma autoridade do Ministério de Infraestrutura, também no evento.

Segundo a secretária de Fomento, Planejamento e Parcerias do ministério, Natália Marcassa de Souza, esses estão entre os projetos mais desafiadores do portfólio da pasta, que tem uma carteira total de 208 bilhões de reais.

A Fiol deverá ter extensão de 1.527 quilômetros, entre Ilhéus (BA) e Figueirópolis (TO). Segundo informações do site do governo, o trecho I, de Ilhéus a Caetité (BA), com extensão de 537 km, já tinha até o final do ano passado 76,2% de execução física da obra.

A secretária disse ainda que a expectativa é licitar 4 mil quilômetros de rodovias no ano que vem.