WHAT'S NEW?
Loading...

Ambev quer equiparar custo da frota de elétricos com caminhões a diesel

Resultado de imagem para frota de elétricos ambev

A Ambev trabalha, em parceria com Volkswagen, para equiparar o custo do caminhão elétrico ao do caminhão a diesel em um curto espaço de tempo. A informação é do gerente Corporativo de Logística da Ambev, Bernardo Adão, que participou na terça, 4, da segunda edição dos Diálogos da Transição, série realizada pela epbr e o Cebds para discutir as diversas vertentes da transição energética no país.

“Isso envolve muito como a gente vai trabalhar a energia para recarregar esse caminhão, seja nas operações Ambev, seja no modelo mercado total. Temos trabalhado muito a questão da energia. Abrimos uma planta de geração distribuída em Minas Gerais que faz com que todos nossos centros de distribuição sejam abastecidos por painéis solares. Estamos montar a estrutura de recarga a partir desses painéis”, diz Adão.

A Ambev anunciou em agosto do ano passado a aquisição de 1.600 veículos da Volkswagen até 2023, que estão sendo produzidos na fábrica da montadora em Resende (RJ). Quando estiveram todos operando, vão representar 35% da frota de distribuição da cervejaria.

A empresa estuda ainda a compra compartilhada de energia, o que pode reduzir o custo para uma operação de distribuição urbana com caminhões elétricos. “Esse é nosso foco no primeiro momento”, comenta Bernardo Adão, lembrando que até 2025 todas as operações consumirão apenas energias renováveis.

A cervejaria fechou recentemente contratos de compra de energia renovável para a Argentina e Chile. Na Argentina, a Ambev será a primeira empresa a produzir cerveja com 100% de energia renovável no mundo.

“É uma mudança relativamente rápida. Estamos olhando para ver as melhores aplicações. A eletrificação é o futuro e a gente precisa estar preparado para fazer parte dele o mais rápido possível”, afirmou o executivo.