WHAT'S NEW?
Loading...

Petrobras contrata empresa para monitoramento de 50 plataformas de petróleo na Bacia de Campos

Imagem relacionada

A Leonardo, empresa de alta tecnologia e uma das mais modernas da Itália, através da sua subsidiária Telespazio Brasil, assinou com a Petrobras um contrato para monitoramento via satélite das plataformas de petróleo da companhia na Bacia de Campos, norte do Estado do Rio de Janeiro.

A atividade, uma colaboração entre as empresas há vários anos, tem o objetivo de detectar eventuais vazamentos de óleo resultantes das operações de exploração e produção. O anúncio oficial será divulgado oficialmente na LAAD Defesa e Segurança, que acontece nesta semana no Riocentro, no Rio de Janeiro.

Durantes os 14 meses do contrato, mais de 50 plataformas oceânicas da Petrobras ao norte do Rio de Janeiro serão monitoradas diariamente pelos satélites COSMO-SkyMed, juntamente com outras 40 áreas críticas. A Telespazio Brasil subsidiária da Leonardo opera no país em áreas chaves: comunicação via satélite, monitoramento da Amazônia, Segurança e Defesa.

O serviço inclui a aquisição de uma média de 150 imagens por mês da constelação de satélites COSMO-SkyMed, sistema mais avançado de radar de observação da Terra, assim como o fornecimento de serviços técnicos especializados 24 horas por dia. O COSMO-SkyMed, único capaz de prover informações dia e noite sob quaisquer condições climáticas com alta frequência de revisita, garantindo a cobertura de toda a área do projeto incluindo 40 pontos críticos, a cada 48 horas.

No Brasil, a Leonardo está presente há mais de vinte anos no setor espacial através da sua subsidiária Telespazio Brasil. Sediada no Rio de Janeiro e com escritórios em São Paulo, Porto Alegre e Cuiabá, a Telespazio Brasil é uma das empresas líderes no fornecimento de serviços e soluções satelitais no setor de comunicações, multimídia e observação da Terra, bem como engenharia, serviços de operações e manutenção para estação terrena de satélites. O contrato anunciado representa um novo sucesso na área de serviços e aplicações baseadas em dados adquiridos a partir dos satélites COSMO-SkyMed, já utilizado no Brasil para monitoramento do desmatamento na Amazônia, para segurança, aplicações de suporte em Agricultura e para Defesa.

O COSMO-SkyMed, é o primeiro sistema de uso dual de observação da Terra. Os quatro satélites que compõem a constelação monitoram do espaço toda a superfície da Terra, dia e noite, sob qualquer condição atmosférica, através dos seus radares de alta resolução em Banda X. O programa COSMO-SkyMed irá avançar no segundo semestre de 2019 com o lançamento do primeiro satélite da segunda geração da constelação, que estabelecerá um novo padrão para sistemas espaciais.