WHAT'S NEW?
Loading...

Bahia registra saldo positivo de mais 1,2 mil novos postos de emprego em Janeiro

Resultado de imagem para empregos porto ilheus

Número é resultado do bom desempenho da construção civil, agropecuária, indústria de transformação, extrativa mineral e serviços.

O Estado da Bahia registrou um saldo positivo de 1.211 postos de trabalho com carteira assinada em janeiro de 2019. A informação foi divulgada pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), nesta quinta-feira (7). No Nordeste, apenas o estado baiano registrou crescimento.

O resultado é melhor que o saldo de dezembro de 2018, quando 11.705 postos de trabalho foram suspensos. O número positivo,segundo o Caged, é em função da diferença entre 48.504 admissões e 47.293 desligamentos.

Os números positivos são resultados do desemprenho de cinco segmentos. O maior foi a construção civil, com 1.873 postos. O setor agropecuário vem logo em seguida, com 684 postos. Já a indústria de transformação registou a criação de 391 vagas de emprego. A área da extrativa mineral contabilizou 157 novas vagas de emprego. O setor de serviço, por sua vez, criou 100 novas vagas.

A áreas que tiveram saldo negativo foram comércio, com menos 1.756 postos de trabalho. Serviços industriais de utilidade pública, que teve baixa de 211 postos, e administração pública, com menos 27 postos.

Com esses números, a Bahia ocupou a primeira posição dentre os estados nordestinos e a 11ª dentre os estados brasileiros em janeiro de 2019.

Sul da Bahia

Zona de Processamento de Exportação (ZPE), que poderá explorar por mais 20 anos os serviços de logística e exportação no município de Ilhéus, será uma zona que impulsionará o desenvolvimento econômico e contribuirá para a geração de muitos postos de trabalho na Bahia, conforme apurou o Acesse Política, além da atração de novas empresas para a região. A parceria com o Governo do Estado não mede esforços para o avanço do progresso de Ilhéus e região sul da Bahia. A consolidação deste importante projeto mostra uma Bahia com um futuro ainda mais promissor para todos os baianos, com geração de emprego e renda.

Logística nos trilhos

O presidente da ZPE Bahia S.A, Otávio de Carvalho Pimentel, disse recentemente na imprensa que o projeto em Ilhéus já possui 9.500 metros quadrados de área construída. O Porto Sul é uma concessão privada entre a Bahia Mineração e as empresas chinesas que vão poder explorar o porto de forma privada”, declarou Pimentel, que também é diretor nacional da Associação das ZPEs, no Brasil.

 
Prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, Otávio de Carvalho Pimentel o presidente da ZPE Bahia S.A e Joir Lino da Silva, diretor da ZPE no município

O Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação (CZPE), órgão do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços já aprovou o projeto arquitetônico e concedeu o alvará de construção e a licença ambiental da ZPE ilheense. A área reservada à ZPE está localizada à margem da Rodovia Ilhéus – Uruçuca (Km 12, da BA 262).

Depois de instalada, a zona recebe benefícios por um período de 20 anos, como a suspensão de tributações e dispensa de licenças que não afetem a segurança nacional e o meio ambiente. Os benefícios são concedidos sobre a exportação, que deve representar pelo menos 80 por cento da produção da empresa instalada. Atualmente, existem no mundo 3.500 ZPEs, em 135 países, que geram cerca de 68 milhões de empregos diretos. Uma ZPE pode oferecer diversos incentivos a empresa, por meio de uma política com alto impacto de condições, com reversão do ciclo de desindustrialização.