WHAT'S NEW?
Loading...

Petrobras anuncia fim da sede administrativa em SP e prevê demissões

Resultado de imagem para Petrobras sede administrativa  SP

A sede administrativa da Petrobras em São Paulo começou a ser desmobilizada nesta semana pela estatal. A ação pode demitir parte dos cerca de 800 empregados que trabalham no local.

A medida foi anunciada em reunião na segunda (25), na qual a companhia disse que procurará realocar pessoal, mas admitiu que não conseguirá manter todos.

“Ficará em São Paulo aquilo que é essencial, que é ultranecessário para a performance da companhia”, disse o gerente executivo de Recursos Humanos da empresa, Cláudio Costa, segundo áudio ao qual a Folha teve acesso, cujo teor foi confirmado ao sindicato local por trabalhadores que estavam na reunião. “Dá para absorver todo mundo que está aqui? Não. Algumas pessoas não ficarão”, completou.

Segundo o Sindicato Unificado dos Petroleiros de São Paulo, cerca de 400 trabalhadores do local são empregados próprios da Petrobras — o restante são terceirizados. Chamada de Edisp, a sede administrativa de São Paulo ocupa sete andares em um edifício na avenida Paulista e abriga empregados que prestam serviços a unidades operacionais da empresa no estado e na região Sul, principalmente refinarias.