WHAT'S NEW?
Loading...

Empresa brasileira consegue obras de parque eólico para geração de 303 MW

Resultado de imagem para eólico  Assurua

A Omega Geracao adquiriu a Assurua e seus 13 parques eólicos com a participação de instituição que oferece fundos de investimentos para projetos de energia renováveis.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica do Brasil (CADE) aprovou sem restrições a aquisição pela empresa brasileira de energia renovável Omega Geracao SA do parque eólico de 303 MW Assurua. Além do ativo eólico, a Omega também terá o direito de primeira oferta (ROFO) para 2 GW de projetos eólicos e solares no estado da Bahia. Este direito pode ser exercido assim que os ativos se tornarem operacionais.

O negócio foi fechado há um mês com o Fundo de Investimentos em Participações (FIP IEER), fundo de investimento da Companhia de Energias Renováveis ​​(CER). De acordo com um comunicado anterior feito pela Omega, a transação está avaliada em BRL 1,9 bilhão (USD 516,67m / EUR 451,33m), incluindo pagamento em dinheiro e pouco mais de BRL 1 bilhão em dívida líquida assumida.

Assurua consiste em 13 parques eólicos diferentes, garantidos durante os leilões de energia de reserva de 2013 e 2014. Está em operação desde fevereiro de 2018 e tem um contrato de compra de energia de 20 anos (PPA), observou a Omega.