WHAT'S NEW?
Loading...

Ecovias entrega projeto para ponte de R$ 2,9 bilhões entre Santos e Guarujá

Resultado de imagem para ponte Santos e Guarujá

A Ecovias, concessionária de rodovias que explora o Sistema Anchieta-Imigrantes (ligação entre São Paulo e litoral paulista), apresentou projeto de construção de uma ponte entre as cidades de Santos e Guarujá no valor de R$ 2,9 bilhões para melhorar a movimentação de cargas no porto de Santos e a mobilidade urbana nessas cidades na Baixada Santista, em São Paulo.

Resultado de imagem para ponte Santos e Guarujá

O projeto foi apresentado ao Conselho de Autoridade Portuária (CAP) do porto de Santos, em reunião fechada na semana passada.

O empreendimento teria 7,5 quilômetros e levaria três anos para ser entregue. Como se trata de uma obra nova, não prevista no contrato de concessão da Ecovias, empresa do grupo Ecorodovias, ensejaria o reequilíbrio econômico-financeiro do contrato com a agência reguladora do governo de São Paulo, a Artesp.

Catálogo da Indústria Marítima

Conforme o Notícias do Trecho apurou, o mais provável é que, se o empreendimento for aprovado, o reequilíbrio se dê via concessão de prazo adicional ao contrato da Ecovias. O controle da Ecorodovias é da Primav, de propriedade dos grupos de infraestrutura CR Almeida e do italiano Gavio.

Resultado de imagem para ponte Santos e Guarujá

Na apresentação, a Ecovias destacou que a ponte vai eliminar o gargalo logístico para escoamento de cargas no porto de Santos e que também é opção de mobilidade urbana, gerando “benefício para cerca de 1,8 milhão de moradores da Baixada Santista”.

A transposição do canal de navegação do porto que separa Santos e Guarujá seria na altura da Ilha Barnabé, ligando a rodovia Anchieta, no Km 64, à rodovia Cônego Domênico Rangoni, no km 150.

A velocidade operacional e de sinalização seria de 80 quilômetros por hora na extensão da ponte e de 40 quilômetros por hora nas alças de acesso à estrutura. O vão principal da ponte teria 85 metros de altura e 325 metros de largura entre os pilares.

Entre as principais vantagens do empreendimento a Ecovias destacou “maior fluidez e agilidade no escoamento de cargas, redução pela metade no tempo médio de viagem, diminuição de gases de efeito estufa”.

Hoje a ligação entre Santos e Guarujá é feita por balsas e por rodovia.