WHAT'S NEW?
Loading...

Setor automotivo acelera o investimento em startups

Imagem relacionada

BMW, Ford, GM, Renault-Nissan, Toyota e Volkswagen são exemplos de montadoras que compram ou investem em startups

No mundo todo, as montadoras de automóveis têm urgência em avançar sobre um terreno ainda semiexplorado, a ser ocupado por carros elétricos, autônomos e compartilhados. A necessidade de reinvenção levou-as a buscar o novo fora de casa. BMW, Ford, GM, Renault-Nissan, Toyota e Volkswagen são exemplos de montadoras que compram ou investem em startups que desenvolvem software, sensores e sistemas para o transporte urbano do futuro.

Segundo a consultoria CB Insights, o setor responde por fatia crescente do investimento global em tecnologias para mobilidade e, este ano, deve colocar quase US$ 6 bilhões em pequenas empresas de base tecnológica.


A Toyota reservou US$ 100 milhões para participações relacionadas a carros autônomos. A BMW criou o BMW i Ventures, que desde 2016 fez aportes de mais de US$ 500 milhões. Neste ano, a Renault-Nissan-Mitsubishi organizou um fundo de US$ 1 bilhão para esse mesmo fim, chamado Alliance Ventures. “O setor automotivo atravessa uma era de ruptura  incrivelmente turbulenta”, diz Jim Adler, diretor da Toyota AI Ventures. “Por isso investimos em inteligência artificial, cloud, autonomia e robótica nas startups mais inventivas do mundo.”

Montadoras sempre inovaram, mas agora o ritmo das mudanças exige nova abordagem, com a ajuda de startups (Foto: Zhang wenkui/ Imaginechina/ afp )