WHAT'S NEW?
Loading...

Muitas oportunidades em construção de porto e ferrovia

Resultado de imagem para construção de porto e ferrovia

Vivendo momentos de grande expectativa, a Petrocity Porto idealiza a construção do Centro Portuário de São Mateus no Espirito Santo. Este centro será um complexo com três milhões de metros quadrados e diversos terminais para atendimento a vários setores, incluindo o de óleo e gás. Atividades pertinentes ao supply boat, serão realizadas a partir desta área, tendo um parque de fluidos, um parque de tubos, serviços efetivos de apoio, unidades para reparo e peças de reposição.

A expectativa é que só nas obras do porto, que devem iniciar em julho, serão gerados mais de 2.500 empregos. Além deste projeto, está sendo adiantado o projeto de desenvolvimento da ferrovia Minas-Espirito Santo (EFEMES), realizando a ligação entre o centro portuário a Minas Gerais.

Atualmente o projeto só tem a pendencia da licença ambiental e a assinatura do contrato de adesão para que se posso iniciar a instalação. O contrato ainda não foi assinado justamente por ainda estar faltando esta licença. O processo já está regularizado junto a Antaq (Agencia Nacional de Transportes Aquaviários) e Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP). É uma área de 3 milhões de metros quadrados de propriedade de Petrocity Portos controladora do empreendimento.

A previsão para que o processo avance, é de iniciar a construção em julho de 2019 e serão dois anos de obras ou seja ainda em 2021 a companhia pretende ter a licença de operação para que possam iniciar as movimentações após a liberação da Antaq. Para o setor óleo e gás o porto estará no centro de toda a atividade onshore e offshore na exploração de gás e petróleo.
Além do setor petrolífero o porto também irá atender atividade de rochas ornamentais e celulose, movimentação decontainer, roll on e roll off além de unidades de geração de energia elétrica, energia fotovoltaica e subestação. Tudo em fase de memorando aguardando para assinar os contratos definitivos na virada do ano.

Na economia da região do Espirito Santo haverá um impacto positivo com toda certeza, o norte e noroeste do estado, o sul da Bahia e até o leste de Minas Geras serão diretamente impactados, com a visão da empresa de implantação do terminal e interiorização da economia.

A previsão é que as obras do porto gerem 2.500 postos de trabalho diretos e indiretos, porem 1.500 diretos e indiretos na operação do empreendimento. Para a construção da ferrovia, estamos prevendo mais de 3 mil empregos.