WHAT'S NEW?
Loading...

Previ não vai vender ações da Vale antes do fim do ano, diz CEO

Resultado de imagem para vale

A Previ, um dos maiores acionistas da Vale, não vai vender parte de sua participação na mineradora antes do fim do ano, afirmou nesta segunda-feira o presidente-executivo do fundo de pensão, José Maurício Coelho.
Falando em paralelo a uma conferência no Rio de Janeiro, ele afirmou que o fundo pretende reduzir sua participação na mineradora no médio prazo. A Previ tinha anunciado anteriormente planos para a venda, sem especificar quando aconteceria.

A Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, mudou a maneira de contabilizar a participação na companhia em suas demonstrações financeiras, marcando as ações da Vale mensalmente pela média do valor de mercado nos 90 dias anteriores.
Anteriormente, o maior fundo de pensão do Brasil só podia revisar o preço da participação uma vez por ano.

As ações da Vale acumulam em 12 meses alta de 80 por cento. A Previ retém as ações através de uma holding, a Litel Participações .

Após o movimento contábil, a Previ registrou um superávit de 2,3 bilhões de reais em setembro, revertendo o déficit do ano.

O chefe-executivo de investimento, Marcus Moreira de Almeida, disse durante a conferência que os acionistas da Litel, que também inclui os fundo de pensão da Petros, Funcef e Fundação Cesp, estão discutindo como irão distribuir as ações da Vale diretamente para os fundos.

Nenhuma venda acionária ocorrerá antes dessa distribuição, que procura a maneira mais eficiente em função de tributos que incidiriam no negócio.

Por Carolina Mandl