WHAT'S NEW?
Loading...

Empresa Ressurge com vários contratos offshore

Resultado de imagem para empresa transocean

A empresa de perfuração offshore  Transocean ganhou vários novos contratos para suas plataformas de perfuração semi-submersíveis e perfuradoras, que operarão no Canadá, Reino Unido, China, México, Noruega e Malásia. Em seu último relatório de status da frota emitido na segunda-feira, 22 de outubro, a Transocean informou que o equipamento de perfuração semi-submersível Henry Goodrich, recebeu uma extensão do contrato de mais um ano com a Husky offshore no leste do Canadá.

O contrato tem uma taxa diária de $ 275.000 e deve terminar em novembro de 2019.
A plataforma semi-submersível Paul B. Loyd Jr. recebeu um contrato de dois poços pela BP, que deve começar em março de 2019, além de quatro opções de  poços no Mar do Norte do Reino Unido. O contrato para o qual o dia não foi divulgado, começa em março e termina em agosto de 2019. A plataforma está atualmente trabalhando nos poços de desenvolvimento da Finlaggan no Mar do Norte do Reino Unido para a Zennor Petroleum. Este acordo expira em dezembro de 2018.

A Dhirubhai Deepwater KG2 navio de perfuração da Transocean, ganhou um contrato de três poços com a CNOOC na China, que deve começar em fevereiro de 2019 e terminar em junho de 2019. O contrato também inclui mais duas opções de poços. O navio de perfuração está em estado inativo a partir de outubro. A plataforma de perfuração semi-submersível Transocean Leader foi premiada com um contrato de três poços no Mar do Norte do Reino Unido pela Hurricane Energy.
O contrato começa em fevereiro e termina em julho de 2019. Atualmente a sonda está sob contrato com a EnQuest até dezembro de 2018. A sonda Deepwater Asgard, ganhou um contrato de um poço por uma operadora não identificada, para operações offshore no México. Esta transação começa em março de 2019, após a conclusão do contrato atual da sonda com a Murphy Oil no Golfo do México.

O contrato está programado para terminar em maio de 2019. Na Noruega, a Equinor  contratou uma plataforma semi-submersa Transocean Spitsbergen. A tarifa diária da plataforma entre janeiro e março de 2019 será de $ 236.000 e, de maio até julho de 2019, será de $ 276.000.Na Malásia, a Shell contratou a plataforma semi-submersível Deepwater Nautilus, que deve ser concluído em janeiro de 2019.