WHAT'S NEW?
Loading...

Trump diz que 'monopólio' da Opep deveria baixar preços do petróleo

Resultado de imagem para opep

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, relacionou o apoio do país a nações do Oriente Médio aos preços do petróleo nesta quinta-feira, ao voltar a cobrar da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) uma redução nos preços da commodity.

"Nós protegemos os países do Oriente Médio, eles não estariam seguros por muito tempo sem nós, e ainda assim eles continuam a pressionar por preços do petróleo mais e mais altos! Nós vamos lembrar. O monopólio da Opep deve reduzir os preços agora!", escreveu Trump no Twitter.

Os contratos futuros do petróleo se mantinham praticamente estáveis nesta quinta-feira. Perto das 9h10, o petróleo Brent recuava 0,65 dólar, ou 0,82%, a US$ 78,75 dólares. O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,01 dólar, ou 0,01%, a US$ 71,13 por barril.

O Brent, índice de referência, tem sido negociado abaixo de 80 dólares após notícias conflitantes sobre a visão de mercado da Arábia Saudita, o maior produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

"O Brent está definitivamente lutando contra a linha dos 80 dólares, querendo quebrá-la, mas ainda sendo segurado pela hipótese do intervalo de preços de 70 a 80 dólares. Mas essa barreira deve ser quebrada muito em breve", disse o analista chefe de commodities da SEB Markets, Bjarne Schieldrop.

Os estoques de petróleo bruto dos EUA caíram pela quinta semana consecutiva para mínimas de três anos e meio na semana encerrada em 14 de setembro, enquanto os estoques de gasolina também mostraram queda maior que a esperada devido a uma demanda excessivamente forte, informou a Agência de Informação de Energia (AIE) na quarta-feira.