WHAT'S NEW?
Loading...

Europa terá um quarto da energia eólica global em 5 anos

Resultado de imagem para Europa terá um quarto da energia eólica global em 5 anos

A capacidade instalada de energia eólica na Europa deverá disparar para 258 gigawatts, ou cerca de um quarto de toda a produção mundial, em cinco anos.

Os desenvolvedores europeus de projetos eólicos instalarão anualmente uma média de 17 gigawatts de capacidade, ou o equivalente a 17 reatores nucleares, na próxima meia década, afirmou o grupo de lobby Wind Europe, em seu relatório Outlook to 2022 (Perspectiva para 2022). Após essa data, as incertezas em relação à política energética dos governos e a falta de ambição podem dificultar novos progressos até 2030.

Os países europeus vêm liderando o mundo em instalações eólicas graças às políticas favoráveis para atrair investimentos e aos processos de leilão subsidiados. O sucesso na redução dos custos de produção de energia renovável levou alguns países a começar a entregar contratos sem subsídios em leilão.

Apesar de vários terem recebido luz verde, os projetos sem subsídios ainda não são a norma. Desde abril de 2017, a Europa teve seis leilões com subsídio zero no campo de energia eólica offshore, na Holanda e na Alemanha.

A França concedeu 118 megawatts de capacidade de geração eólica em seu segundo leilão de projetos onshore, na semana passada, menos de um quarto do que planejava construir. É um sinal de possíveis problemas para os investidores em energia eólica em um país que tem assumido compromissos significativos com a energia verde e o clima.

Alemanha, Reino Unido, França, Espanha e Holanda responderão por 62 por cento das adições de capacidade bruta, segundo a associação. O Reino Unido instalou 81 por cento da nova capacidade offshore da Europa no primeiro semestre do ano com a adição de cinco novos parques.