WHAT'S NEW?
Loading...

Estaleiro Brasfels deve começar a contratar em outubro

Resultado de imagem para Estaleiro Brasfels

A previsão são de 500 empregos gerados para as obras de construção e montagem dos módulos FPSO Carioca no estaleiro.

A P-69 saiu a saiu a pouco tempo do estaleiro Brasfels, do Grupo Keppels e a nova perspectiva agora é a chega do FPSO MV30 Carioca que será operado pela MODEC.

A plataforma foi construída na China e segue rumo ao Brasil para as obras de integração e montagem de seus módulos topside.

 O sindicato informa que devem ser gerados cerca de 500 empregos e as contratações devem ocorrer em outubro deste ano (2018), esta mesma informação foi passada pela Keppel na época do anúncio do contrato.

Sem perspectivas de novas obras depois destas atividades no FPSO Carioca,  O Sindicato dos Metalúrgicos de Angra dos Reis afirma que a culpa desta crise nos estaleiros e toda industria naval brasileira foram consequência do golpe( impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff em 2016), causando desinteresse do governo para com o setor, apesar de termos uma das mãos de obra mais qualificadas do mundo em nossa modalidade.

Contato para as obras

Parte dos trabalhadores que já estão no estaleiro depois que executaram as obras da p-69 na Brasfels permanecerão por lá até a segunda ordem. A outra parte será recontratada ou recolocada quando mês que vêm.

O Notícias do Trecho já detém os contatos e o método das contratações, só estamos aguardadno o pronunciamento oficial para repassar aos nossos leitores.