WHAT'S NEW?
Loading...

ANP prevê arrecadação de até R$ 1,2 trilhão com novos blocos do pré-sal

Resultado de imagem para ANP prevê arrecadação de até R$ 1,2 trilhão com novos blocos do pré-sal

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) anunciou hoje (28), no Rio de Janeiro, que a produção de petróleo nos blocos do pré-sal contratados no regime de partilha desde o ano passado deve gerar uma arrecadação de R$ 1,2 trilhão para a União, estados e municípios.

A conta inclui os blocos contratados entre a 2ª e a 5ª rodadas, realizadas entre 27 de setembro do ano passado e hoje, e toma como base as participações oferecidas à União e um valor médio do barril de petróleo na casa dos 70 dólares

Nos contratos de partilha, utilizados para a produção do pré-sal, as empresas responsáveis pela exploração e produção de petróleo precisam oferecer à União um percentual do que é produzido. Os lances vencedores nos leilões são os que oferecem participações mais altas para o governo.

Ao longo de 30 anos de contrato, a exploração e produção de petróleo nos campos contratados deve gerar uma receita anual de R$ 40 bilhões.