WHAT'S NEW?
Loading...

ANP participa de seminário sobre o futuro do setor de óleo e gás

Resultado de imagem para seminário “Debates do Brasil - Os caminhos do futuro do Óleo e Gás no país

A ANP participou na última terça-feira (28) do seminário “Debates do Brasil - Os caminhos do futuro do Óleo e Gás no país”, realizado pelo jornal O Globo no Rio de Janeiro. O evento reuniu nomes de destaque da indústria e representantes das equipes econômicas de candidatos à Presidência da República para discutir as perspectivas e desafios do setor para os próximos anos. 

Estiveram presentes o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, e o diretor Aurélio Amaral, além de técnicos da Agência. Oddone foi um dos palestrantes no painel “Setor de Óleo e Gás no Brasil, impactos na economia”, que debateu o potencial e as oportunidades para o Brasil no cenário das rodadas de licitações de blocos para exploração e produção de petróleo e gás natural, bem como a relevância do setor para a economia brasileira. 

Em sua apresentação, o diretor-geral afirmou que, até 2054, são estimados investimentos de R$ 1,8 trilhão e arrecadação de R$ 6 trilhões. “Trata-se de R$ 167 bilhões ao ano, o que equivale ao déficit fiscal do Brasil atualmente”. Ainda segundo ele, há potencial para o Brasil produzir 5,5 milhões de barris de petróleo por dia em 2027, o que significa mais de 60 novas plataformas instaladas. 

Oddone ressaltou ainda que o mundo vive a transição para a economia de baixo carbono. “O País precisa deixar de perder oportunidades e definitivamente optar por transformar seus recursos em riqueza, enquanto esses recursos têm valor, e quando precisamos tirar milhões de pessoas da miséria”, declarou.