WHAT'S NEW?
Loading...

3 mil vagas de empregos no Porto do Açú – Autorizada a construção da segunda termoelétrica

Resultado de imagem para porto açu termoelétrica

O Ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, assinou nesta última terça-feira (31) a autorização para a implantação da Usina Termelétrica GNA II, desenvolvida pela Gás Natural Açu no Porto do Açu, em São João da Barra (RJ).

O empreendimento contará com 1.673 MW de capacidade instalada, o suficiente para abastecer sete milhões de domicílios. Com essa outorga, o Porto do Açu se transforma no maior complexo termelétrico da América Latina. A Usina faz parte do Açu Gas Hub, solução logística para recebimento, processamento, consumo e transporte do gás natural, produzido na Bacia de Campos (RJ) e Santos (SP), além da importação e armazenagem de Gás Natural Liquefeito (GNL).

Empregos e obras

De acordo com Magela, a construção desta segunda termoelétrica( GNA II) começará em 2019, somará a expectativa serão de 2500 contratações até 3 mil no pico do empreendimento e impulsionará positivamente e economia da Região Norte Fluminense.

Resultado de imagem para construção da segunda termoelétrica

A GNA I, que ja esta sendo construída pela Andrade Gutierrez, será capaz de produzir 1.300MW de energia, acrecido de um terminal de Gás Natural Liquefeito( GNL), que irá processar mair 20 milhões m³. Segundo os projetistas que estão a frente do empreendimento, quando a construção da GNA II for iniciada ano que vem, a GNA I já estará com suas obras bem adiantadas.

A primeira termoelétrica tem previsão de funcionamento em 2021 e a segunda, para 2023. O terminal de gás deve começar a funcionar em pouco mais de 1 ano.

A empresas associadas e envolvidas no projeto é a Prumo Logística, Siemens e BP( Britsh Petroleum). O orçamento ficou em 8 bilhões de reais para tocar este empreendimento, o que tornará o maior complexo de termoelétrico da América Latina, com capacidade total de 3 mil MW de potência instalada.