WHAT'S NEW?
Loading...

2019 deve ser o ano de retomada do setor naval, diz executivo do BNDES

Resultado de imagem para setor naval

O ano de 2018 deve ser o último de crise para a indústria naval brasileira, na opinião do gerente do departamento de Gás, Petróleo e Cadeia Produtiva do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luiz Marcelo Martins Almeida. Ele acredita que as empresas petroleiras vão retomar os investimentos em embarcações para fazer frente aos projetos adquiridos nos leilões do últimos anos e também porque estão mais fortalecidas financeiramente com a alta da cotação do petróleo.

Almeida conta que há 77 financiamentos ao setor naval ativos atualmente, que somam R$ 19,5 bilhões. Porém, são contratos antigos em sua maioria. Até a crise, a grande dificuldade dos estaleiros para levantar dinheiro com o banco público estava na oferta de garantia. "Não tem encomenda e não vejo no horizonte uma encomenda robusta", disse o gerente do BNDES a uma plateia de executivos do setor, durante o evento Marintec South America, no Rio.

No futuro, com uma possível retomada dos investimentos, "os demandantes podem apresentar garantias" no lugar dos estaleiros, acrescentou Almeida, em sua palestra.