WHAT'S NEW?
Loading...

Termoelétrica de Sergipe recebe turbinas mais eficientes do mundo

Resultado de imagem para Termoelétrica de Sergipe

Considerado o maior investimento privado do estado de Sergipe, com aporte de R$ 5,4 bilhões, o Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I também aposta em tecnologia de ponta. É o caso das três turbinas a gás modelo 7HA recém entregues.

Segundo a GE, trata-se da tecnologia de maior eficiência energética nessa área. A multinacional americana também foi contratada para construir, operar e fazer a manutenção do empreendimento.

Resultado de imagem para Termoelétrica de Sergipe

De acordo com a Celse, concessionária de energia dona do projeto, a usina vai operar em ciclo combinado, com as três turbinas a gás modelo 7HA e uma a vapor, além de um gerador de vapor de recuperação de calor (HRSG). O conjunto permitirá que, sob determinadas condições, seja atingida uma taxa de eficiência de até 62%. A turbina a gás 7HA é a primeira do gênero a chegar ao Brasil e, para o desenvolvimento dessa tecnologia, a GE investiu quase US$ 2 bilhões.

Quando entrar em operação, o Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I será a maior termoelétrica a gás natural da América Latina. O empreendimento inclui, além da usina termoelétrica, uma linha de transmissão e instalações offshore, que contemplam uma unidade de armazenamento e regaseificação GNL e gasoduto. Para viabilizar o projeto, a Celse assinou, em abril deste ano, os contratos de financiamento com bancos e organismos multilaterais.

Recentemente, a concessionária recebeu da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) o registro para as instalações de apoio ao transporte aquaviário, ou seja, para a instalação do navio FSRU, que regaseificará o GNL (Gás Natural Liquefeito) importado.