WHAT'S NEW?
Loading...

Vale a pena utilizar GNV em PE, BA, RJ, SC e SP

Resultado de imagem para BRASIL MALHA GNV

A Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) divulgou um estudo em que mostra a diferença entre o abastecimento com gasolina e com GNV nos automóveis.

Os resultados são otimistas para as empresas que abastecem os postos de combustíveis com o gás. É que a economia de transitar com um carro com GNV é 50% maior do que com gasolina.

O estudo levou em conta a média de preços apurados em cada estado na última semana de abril de 2018. O carro que foi tomado como referência foi o Fiat Siena, onde com um metro cúbico de GNV, é possível percorrer em média 13,2 quilômetros. Enquanto com um litro de gasolina, o carro anda 10,7 quilômetros e com a mesma quantidade de etanol, apenas 7,5 quilômetros. A estimativa de economia mensal foi medida com base em veículos que rodem 2.500 quilômetros por mês, usando o GNV em substituição à gasolina e ao etanol.

Com essas referências, foi constatado que em Santa Catarina, o custo do quilômetro rodado com GNV chega a 57% ante a gasolina e 67% ante o etanol.

No Rio de Janeiro, onde está a maior frota do País, com aproximadamente 1 milhão de veículos convertidos, o percentual de economia mantém-se a 57% na comparação com a gasolina e 62% em relação ao etanol. Em São Paulo, o GNV teve alta de um ponto percentual em sua economia na comparação com a gasolina, passando a 54% – mesmo percentual ante o etanol.

No Nordeste, Bahia (53% ante a gasolina e 59% ante o etanol) e Pernambuco (51% ante a gasolina e 56% ante o etanol, respectivamente) são os estados em que o GNV apresenta maior economia.