WHAT'S NEW?
Loading...

Terminal Multicargas do Porto do Açu movimenta um milhão de toneladas

Imagem relacionada

O Terminal Multicargas do Porto do Açu (T-Mult), em São João da Barra, atingiu um marco em sua história. Em operação desde o segundo semestre de 2016, o terminal alcançou um milhão de toneladas movimentadas. O registro foi realizado durante a operação do navio MV "Bulk Atacama", o 71º a atracar no T-Mult até hoje, descarregando 55 mil toneladas de carvão.

Para o gerente de Operações da Porto do Açu, Marcelo Patrício, a conquista deve ser comemorada: “O marco alcançado pelo T-Mult é emblemático e consolida o empreendimento como uma plataforma de desenvolvimento de soluções ótimas de infraestrutura portuária e logística. O número movimentado até hoje é resultado do esforço da nossa área comercial e do investimento em melhoria contínua de nossos processos e treinamentos de nossas equipes. Estamos muito satisfeitos com o resultado obtido”, ressaltou.

Segundo Patrício, além da contribuição de toda infraestrutura do terminal, o marco de um milhão de toneladas movimentadas só pôde ser alcançado devido ao trabalho de toda equipe de operadores de serviços portuários do T-Mult, que é 100% de mão de obra de São João da Barra.

O T-Mult movimenta coque, bauxita, carvão siderúrgico, carga de projetos e carga geral. Além disso, tem autorização para operar qualquer tipo de granéis sólidos e potencial para movimentar contêineres e veículos. Representando uma nova alternativa de escoamento para o Sudeste brasileiro, o T-Mult conta com 160 mil metros quadrados de área alfandegada.

Com 14,5 metros de profundidade, o terminal atualmente está homologado para receber embarcações com calado de até 13,1 metros. Conta também com 500 metros de cais, sendo 340 metros operacionais, e capacidade anual de movimentação de granéis sólidos e carga geral de aproximadamente 4 milhões de toneladas. Somando os embarques de coque, carvão e bauxita, em 2017 o Terminal Multicargas movimentou dez vezes mais do que em 2016.

No último ano, o T-Mult passou a oferecer Soluções de Logística Integradas para granéis sólidos (Porto/Armazenagem/Transporte). Este tipo de operação movimentou, em seu primeiro ano, mais de 300 mil toneladas. Além das soluções door-to-door para importação e exportação, o terminal também realiza operações Multimodais, utilizando um terminal de transbordo instalado a apenas 300 km do Porto.

Com acesso às principais rodovias brasileiras, e especializado no transporte rodoviário de graneis sólidos, atualmente o T-Mult realiza operações integradas de importação e exportação nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso do Sul.

Outro diferencial do Complexo Portuário do Açu é o desenvolvimento de uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE), uma área de livre comércio, criada no final de 2017 e destinada à instalação de empresas com 80% de sua receita voltada para a exportação. Instalada na retroárea do porto, entre as indústrias que podem ser beneficiadas com a instalação da ZPE, estão a de beneficiamento de rochas ornamentais e de café.