WHAT'S NEW?
Loading...

Raiz do problema é monopólio do refino pela Petrobras, defende deputado

Resultado de imagem para refino pela Petrobras

O deputado federal José Carlos Aleluia (Democratas-BA) afirmou que o monopólio estatal sobre o refino de combustíveis tem mantido o país refém da política de preços da Petrobras.

Aleluia fez o discurso inaugural da Comissão Geral que discute soluções para a crise dos combustíveis, nesta última terça-feira (29). O deputado é o autor do requerimento que convocou a comissão e contou com a participação dos presidentes do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (Democratas-RJ).

“A raiz do problema é que não se privatizou o refino, nem o processo de importação. Estamos todos reféns da política de preço de uma única grande empresa estatal. Se houvesse a livre concorrência, teríamos várias refinarias privadas competindo entre si, cada uma escolhendo sua estratégia: repassar inteiramente o valor ou reduzir o custo para ganhar mercado? Ser mais agressivo e pensar no volume ou buscar contratos a longo prazo?”, comparou Aleluia.

O democrata chamou a atenção para o papel que o Congresso Nacional deve desempenhar na resolução da crise, que também deve contar com a participação dos governos de estados.

“A vontade política, se bem empregada, pode aprender com essa crise. Criar as condições para que nunca mais passemos por uma situação tão delicada quanto a atual. Só não podemos cair na demagogia dos discursos eleitoreiros que abundam de todos os lados”, alertou.