WHAT'S NEW?
Loading...

Odebrecht toma R$ 2,6 bilhões em bancos. Vai pagar e investir

Resultado de imagem para Odebrecht  NOTICIAS TRECHO

A Odebrecht ganhou um bom gás para dar a volta por cima no pós-Lava Jato. Acertou com cinco bancos brasileiros acordo financeiro que disponibiliza R$ 2,6 bilhões em novos recursos e ao mesmo tempo alonga, com juros menores, dívidas que venceriam no curto prazo.

Boa parte do financiamento será para investir na sua construtora, a Odebrecht Engenharia e Construção (OEC), um dos carros-chefes do faturamento do grupo.

Os R$ 2,6 bilhões serão divididos igualmente entre Itaú e Bradesco e liberados em duas etapas:  uma, imediatamente, no valor de R$ 1,7 bi.  A outra de R$ 900 milhões.

O acordo envolveu também Banco do Brasil, Santander e BNDES, pois teve como lastro a valorização de ações da Braskem. Luciano Guidolin, diretor-presidente da Odebrecht, festeja o fato:

–  Mostra que temos a confiança do setor financeiro e dos nossos acionistas.