WHAT'S NEW?
Loading...

EMPREGOS: Petrobras antecipa tarifas para ter obras de interesse da refinaria

Resultado de imagem para notícias trecho rnest

Dentro do que foi executado pelo estado para a operação da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), a lista inclui obras de área portuária e até de construção de rodovias internas e de acesso ao Complexo de Suape.

A dinâmica com Suape, porém, segue uma regra diferente. A Petrobras antecipou ao estado o valor de R$ 829 milhões, para que ele executasse essas obras necessárias à operação da refinaria. Em troca, a Petrobras terá abatimento de tarifas portuárias por 25 anos a partir da operação. Por ter iniciado em 2014, ainda que de forma parcial, a administração de Suape já começou o abatimento, mas não deixou claros os detalhes do processo, como, por exemplo, quanto já foi abatido de 2014 até agora.

Os recursos foram validados a partir do Termo de Adiantamento de Tarifa (TAT), referente à tarifa portuária, firmado em 2008 entre o estado de Pernambuco, a administração de Suape e a Petrobras. De acordo com comunicação enviada pelo Complexo de Suape, o fato de não operar o Trem 2 de refino não interfere no acordo. "Não há dívida uma vez que a refinaria está em atividade e operando.

O fato de a Petrobras não ter concluído o segundo trem de refino não altera o termo, já que o abatimento da tarifa é contabilizado de acordo com o que é e ainda será movimentado pela refinaria durante esses 25 anos do termo."

Ainda de acordo com a nota, "o montante recebido, e que ainda não atingiu o valor total, foi empregado na execução dos seguintes grupos de obras: Reforço dos Cabeços (Porto Interno), extensão do molhe (Porto Externo), dutovia para os Píeres de Granéis Líquidos - PGLs 3A e 3B, construção dos PGLs 3A e 3B, via expressa de Suape (contorno do Cabo, contorno da Refinaria e Duplicação da TDR Norte e Sul), duplicação da PE-60 (trecho PE-28 até Contorno da Refinaria) e dragagem do canal externo (necessário para receber os navios Suezmax carregados para a RNEST)."

Os investimentos mais expressivos do pacote de obras foram o do PGLs 3 (R$ 369,4 milhões), a dragagem do canal externo (R$ 200 milhões) e a construção da Express Way (R$ 144,7 milhões).