WHAT'S NEW?
Loading...

Braskem celebra 40 anos da unidade de Polipropileno do ABC

Resultado de imagem para Polipropileno do ABC braskem

A unidade de Polipropileno (PP 4) da Braskem celebra, este mês, o sucesso e as conquistas de 40 anos de operação. Instalada no Polo Petroquímico do Grande ABC, a mais tradicional região industrial de São Paulo, a fábrica, inaugurada em 1972, foi a pioneira no desenvolvimento da indústria química brasileira.

Com cerca de 300 colaboradores, entre diretos e indiretos, a planta contribui significativamente para a economia e o desenvolvimento social da região. Mesmo sendo uma das plantas mais antigas de polipropileno do Brasil, a PP 4 opera com tecnologia de ponta e possui a maior capacidade de produção deste polímero dentre todas as unidades da Braskem, tanto no Brasil quanto no mundo, com capacidade produtiva de 450 mil toneladas por ano. Além disso, a unidade também se destaca pela diversificação ao produzir homopolímeros, copolímeros randômicos e heterofásicos, que são diferentes tipos de polipropileno capazes de atender as indústrias automobilística, têxtil e farmacêutica, entre outras.

Entre os integrantes mais antigos da unidade está José Carlos Pereira. O técnico especialista de produção nasceu em Santo André e conta que sempre sonhou em trabalhar no Polo Petroquímico da região. O desejo se concretizou em 1987, quando se tornou operador da unidade após concluir o curso de Formação de Operadores do Senai. "A PP 4 foi a primeira planta de Polipropileno da América Latina e sua contribuição para o desenvolvimento da indústria brasileira é inegável. Participei de grandes momentos desta história como a partida da nova planta em 2003, buscando aprimorar sua tecnologia", explica.

Além disso, há 31 anos trabalhando nesta unidade da Braskem, Pereira conta que se sente realizado ao observar a contribuição de seu trabalho para diversos produtos que facilitam a vida das pessoas. "O plástico está presente no nosso dia a dia. Enxergo a importância da nossa produção ao ver sua aplicação em carros, embalagens, roupas, calçados, embalagens para uso hospitalar, entre tantos outros produtos que usamos a todo tempo", pontua.

Ao longo desses anos a operação tornou-se cada vez mais sustentável, o que contribui para o desenvolvimento da unidade por meio de soluções customizadas para máxima redução de impacto ambiental. A fábrica opera com água de reuso industrial fornecida pelo Aquapolo, projeto fruto da parceria entre a BRK Ambiental e a SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), além de reutilizar internamente o efluente doméstico e industrial.

"A PP 4 oferece grandes diferenciais operacionais para a Braskem, seja por sua alta capacidade produtiva como pela sua localização privilegiada no centro do maior mercado consumidor do Brasil. Ficamos orgulhosos e satisfeitos em operar com tecnologia avançada uma fábrica com uma história tão importante, que continua fazendo a diferença para o setor e contribuindo para a indústria nacional", afirma Maurício Britto, responsável pela PP 4 na Braskem.