WHAT'S NEW?
Loading...

ZPE do Pecém quer atrair investimentos árabes

Resultado de imagem para ZPE do Pecém quer atrair investimentos árabes

A Secretaria Executiva do Conselho das Zonas de Processamento de Exportações (SE/CZPE) encabeçou, nesta semana, reunião com a Câmara de Comércio Árabe Brasileira e representantes da ZPE do Pecém e da ZPE Parnaíba para tratar da negociação de investimentos árabes para as Zonas de Processamento de Exportações (ZPEs) brasileiras.

Segundo a secretária executiva do CZPE, Thaíse Pereira Pessoa Dutra, os governos brasileiro e cearense estão buscando agregação de valor à cadeia produtiva por meio das ZPEs. Na prática, há um incentivo para que nestas zonas sejam fabricados produtos com valor agregado para a exportação. “O Brasil já possui competitividade notória em comércio exterior nas cadeias primárias”, diz.

Thaíse acredita que o foco das ZPEs se encaixa nas demandas do mercado árabe, que tem grande preocupação com a segurança alimentar. A ideia é que os árabes invistam nessas zonas para depois exportarem os alimentos a seus países. Thaíse acredita que os projetos nas ZPEs poderiam ser até focados em produtos de interesse dos árabes, como proteína animal.

O CZPE vai participar da Conferência Internacional da Organização Mundial de Zonas Francas, de 30 de abril a 1 de maio em Dubai, nos Emirados, e pretende marcar reuniões com representantes das zonas francas locais para discutir troca de informação e cooperação. A ideia é travar conversas, na conferência, também com zonas francas de outros países árabes.

Thaíse acredita que para atrair os árabes é necessário entender a cultura deles quanto aos investimentos. Ela quer contar com essa aproximação das zonas francas locais para isso e também para ajudar na atração dos investimentos da região para as ZPEs brasileiras. As informações são da Agência de Notícias Brasil-Árabe.