WHAT'S NEW?
Loading...

Trump alerta Opep que preços de petróleo altos não serão aceitos

Resultado de imagem para Trump  Opep

O presidente de Estados Unidos, Donald Trump, criticou nesta última sexta-feira (20) a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), ao considerar que os preços do petróleo estão artificialmente altos e "não serão aceitos.

Trump fez os comentários no Twitter, quando ministros de alguns dos maiores produtores mundiais da commodity se reúnem na Arábia Saudita para discutir a manutenção dos limites de produção.

"Para que a Opep está tratando disso de novo", tuitou Trump. "Com quantidades recordes de petróleo em todas as partes, inclusive os barcos com carga máxima em alto mar, os preços do petróleo estão artificialmente muito altos! Não está certo e não serão aceitos!".

Os produtores da Opep e os países que não pertencem ao cartel chegaram a um acordo em 2016 para cortar a produção em 1,8 milhão de barris diários, para reduzir o excedente mundial da commodity.

O acordo, que deve terminar no fim do ano, conseguiu ampliar os preços petróleo, hoje acima dos US$ 70 o barril. No começo de 2016, ele custava menos de US$ 30.