WHAT'S NEW?
Loading...

Petrobras pode anunciar venda da Refinaria RLAM na Bahia ainda hoje

Resultado de imagem para Refinaria rlam noticias trecho

A Petrobras pode anunciar ainda hoje (19) a venda da Refinaria Landunpho Alves, localizada em São Francisco do Conde, na Região Metropolitana de Salvador. A informação é do Sindicato dos Petroleiros da Bahia. De acordo com o coordenador do Sindipetro, Deyvid Bacelar, a estatal já comunicou que fará um anúncio no início da tarde. "É para falar sobre isso, mas a gente está na expectativa de saber se vão anunciar só o projeto ou a venda em si", explicou.

De acordo com documentos disponíveis no portal interno da Petrobras, em reunião agendada para as 3h da tarde, será apresentado o modelo preliminar sobre o reposicionamento estratégico no setor de refino. O documento ressalta que o estudo preliminar "prevê a busca de parceiros para as refinarias Abreu e Lima (RNEST), Landulpho Alves (RLAM), Alberto Pasqualini (Refap) e Presidente Getúlio Vargas (Repar). O projeto inclui também os ativos logísticos (dutos e terminais) administrados pela Transpetro diretamente associados a essas refinarias. Nessa proposta, a Petrobras teria participação de 40% nas empresas formadas com os parceiros e manteria 75% da capacidade de refino nacional, permanecendo-se como uma empresa integrada de óleo e gás".

"É premissa desse modelo que a Petrobras continue com participação relevante para ter grande influência nas decisões de negócio e se beneficiar dos resultados financeiros", explica o gerente geral de Programas de Reestruturação de Negócios de RCT, Arlindo Moreira Filho, na publicação.


Menos 7 mil postos 

Somente nos últimos cinco anos, a refinaria Landulpho Alves já perdeu mais de 7 mil postos de trabalho. “Hoje a refinaria está com 50% da capacidade para favorecer as importadoras. Em 2013 tínhamos 1,4 mil concursados e hoje estamos com 870. Terceirizados em 2013 chegamos a 8 mil, hoje temos 1,2 mil. Isso falando das pessoas que trabalham lá dentro, mas isso tem um efeito cascata grande”, lamentou Deyvid Bacelar.