WHAT'S NEW?
Loading...

Importação de gás cai em 2017

Resultado de imagem para Importação de gás cai em 2017

Às vésperas do vencimento do contrato de importação de gás natural da Bolívia, o volume do combustível comprado no exterior caiu em comparação com 2016. Dados do MME mostram que a oferta de gás importado chegou a 29,37 milhões de m³/dia em 2017, contra 32,13 milhões de m³/dia do ano anterior.

Da Bolívia, vieram 24,33 milhões de m³/dia, com a média oscilando ao longo do ano. O mês de menor volume foi janeiro, quando o Gasoduto Brasil-Bolívia (Gasbol) trouxe 14,54 milhões de m³/dia, metade da capacidade total do duto, cerca de 30 milhões de m³/dia.

Por outro lado, o volume máximo trazido no ano foi em abril, quando foram importados do país vizinho 30,19 milhões de m³/dia, utilizando toda a capacidade do duto de transporte. Somado à regaseificação de gás natural liquefeito (GNL), a importação total em abril foi de 33,32 milhões de m³/dia.

Esse volume só não superou o de agosto, quando a oferta importada foi de 38,17 milhões de m³/dia, quando teve início o despacho em massa das termelétricas para suprir a demanda de energia com os reservatórios em baixa.