WHAT'S NEW?
Loading...

Ex-gerente condenado por lavar R$ 48 milhões da Petrobras recorre

Resultado de imagem para ex-gerente da Petrobras Márcio de Almeida Ferreira

Condenado por Sergio Moro a 10 anos e três meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-gerente da Petrobras Márcio de Almeida Ferreira entrou com recurso contra a sentença.

Segundo a força-tarefa da Lava-Jato, Ferreira foi responsável por desvios de ao menos R$ 48 milhões em contratos da estatal.

Os contratos fraudulentos eram feitos na área de produção, distribuição e comercialização de gás combustível.

O MPF afirma que o grupo de Ferreira surrupiou mais de R$ 100 milhões.