WHAT'S NEW?
Loading...

Governo prevê receber R$ 100 bilhões com novo leilão de blocos cedidos à Petrobras em 2010

Resultado de imagem para Governo prevê receber R$ 100 bilhões com novo leilão de blocos cedidos à Petrobras em 2010

Informação foi divulgada pela pasta de Minas e Energia. Como a Petrobras foi autorizada a explorar 5 bilhões de barris na Bacia de Santos, e há mais petróleo na região, o excedente deverá ser leiloado.

O secretário de Petróleo e Gás do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix, informou na última quarta-feira (31) que o governo prevê receber R$ 100 bilhões com o novo leilão referente a seis blocos cedidos à Petrobras em 2010 na Bacia de Santos.

A cessão onerosa foi um contrato por meio do qual a União deu à Petrobras o direito de explorar e produzir cinco bilhões de barris de petróleo e gás em seis blocos na bacia.

Como a Agência Nacional de Petróleo (ANP) verificou que há na região mais que cinco bilhões a serem explorados, o chamado óleo excedente deverá ser leiloado pelo governo – pelos cálculos da ANP, somente o excedente pode chegar entre 6 bilhões e 15 bilhões de barris.

O governo ainda negocia com a Petrobras a forma de ressarcimento pelos investimentos feitos nos blocos.

Segundo Márcio Félix, o pagamento poderá ser feito em dinheiro, usando recursos do bônus de outorga, ou em petróleo.

Félix afirmou, ainda, que o governo espera fechar até março um entendimento que permita o leilão ainda em junho. Por causa do calendário eleitoral, o leilão só poderá ocorrer até o início de julho.

O secretário acredita que a solução mais fácil será o leilão de todo o óleo em um bloco só.

"Não há uma decisão se vai ser dividido ou não. Eu pessoalmente acho difícil dividir. A Petrobras fez investimentos em todas as áreas e eu acho mais complicado dividir [em lotes]", afirmou.