WHAT'S NEW?
Loading...

Acordo de US$ 2,95 bilhões reduz incertezas sobre Petrobras


Para a Fitch, o acordo realizado pela Petrobras para encerrar a ação coletiva movida por investidores nos Estados Unidos representa crédito neutro para a estatal brasileira, caso a proposta seja aprovada pela justiça americana. Na agência de classificação de risco, o rating da companhia é BB Negativo.

Segundo a Fitch, o pagamento de US$ 2,95 bilhões poderá ser coberto com dinheiro em caixa, sendo o impacto na alavancagem e no fluxo de caixa manejável. Com isso, a agência acredita que essa multa poderá pressionar o fluxo de caixa livre a entrar em território negativo.

Um ponto positivo, segundo a Fitch, é que a Petrobras segue fazendo parte das investigações nos Estados Unidos relacionadas ao caso de corrupção da Lava Jato, o que reduz o risco de litigância e pode resultar em multas.

A Petrobras informou na quarta-feira que assinou acordo para encerrar ação coletiva (“Class Action”) nos Estados Unidos, prevendo o pagamento de 2,95 bilhões de dólares, montante que terá impacto nos resultados da companhia no quarto trimestre de 2017.