WHAT'S NEW?
Loading...

Governo entrega obra de dragagem do porto do Rio de Janeiro

Resultado de imagem para dragagem do porto do Rio de Janeiro

Com investimento de R$ 237 milhões, será possível atrair investimentos, gerar empregos e ampliar em 50% a capacidade do porto

A ampliação ao acesso do Porto do Rio de Janeiro vai permitir aumento na capacidade de funcionamento em 50% com a conclusão da obra de dragagem, anunciada neste sábado (25). Desde a elaboração do projeto até sua entrega, foram 14 meses de trabalho, com total de R$ 237 milhões de investimentos.

A obra permitiu a profundidade do calado de 12,6m para 14,3m, possibilitando a ampliação do canal de acesso e a movimentação de cargas. Agora, os navios poderão movimentar até 900 contêineres a mais.

Para o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, a obra vai atrair mais investimentos e gerar empregos ao estado. O ministro também ressaltou o compromisso do governo com a retomada das obras no País. “Quando assumimos, nenhuma dragagem estava em andamento, mas este governo se comprometeu para atender à demanda do setor.”

Ao citar os investimentos em logística do Governo do Brasil, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, frisou que este é “o retorno do governo federal aos investimentos públicos” e explicou que “sem um sistema ferroviário eficaz, casado ao sistema portuário, não poderemos garantir a nossa produção e a competitividade internacional”.

Com grande potencial de movimentação de cargas, apenas entre janeiro e outubro deste ano, aproximadamente 4,5 milhões de toneladas foram movimentadas do Porto, 1% a mais na comparação com o mesmo período de 2016. O Porto do Rio de Janeiro é o segundo maior em movimentação de cargas do País. Entre os principais produtos movimentados estão: produtos siderúrgicos, contêineres, granéis e produtos ligados a mercadorias offshore.

Prorrogação de contrato

Dentro do prazo estabelecido pelo Projeto Crescer, o governo também anunciou a prorrogação de contrato de dois Terminais Portuários que operam no estado: Nitshore e Nitport. Serão investidos R$ 63 milhões, que possibilitam a melhoria na infraestrutura portuária em Niterói (RJ) por mais 10 anos.

Novo cenário

De acordo com Maurício Quintella, o Governo do Brasil assinou 42 contratos de adesão no setor, gerando R$ 2 bilhões em investimentos para os próximos anos. Segundo os dados divulgados, mais de R$ 1 bilhão em orçamento são direcionados para as dragagens dos principais portos do País.

O repasse permitiu a finalização do Porto de Vitória (ES) e contribui para mais realizações: o Porto de Itajaí (SC), que está em processo de homologação; o Porto de Paranaguá (PR), que está em etapa de realização; o Porto de Santos (SP), próximo do início das obras; o Porto de Maceió (AL), que está em fase de mobilização; e o Porto de Fortaleza (CE), em processo de licitação.