WHAT'S NEW?
Loading...

Escócia inaugura primeiro parque eólico flutuante do mundo

Resultado de imagem para primeiro parque eólico flutuante do mundo

O primeiro parque eólico flutuante do mundo já está em pleno funcionamento na região de Aberdeenshire, Escócia. O empreendimento, com capacidade de 30MW, é uma alternativa ao impacto visual das turbinas instaladas em terra firme e fica 25 quilômetros da costa da região.

Batizado de Hywind, o parque eólico flutuante alimentará com energia quase 20.000 casas e “abre o caminho a um novo mercado global para os parques eólicos flutuantes” , afirma em um comunicado Irene Rummelhoff, vice-presidente executiva do New Energy Solutions, propriedade de Statoil.

Construído pela empresa de petróleo norueguesa Statoil e pela Masdar Abu Dhabi Future Energy, o parque tem cinco turbinas flutuantes a 25 quilômetros da costa de Peterhead, perto de Aberdeen. O projeto tem capacidade de 30 megawatts e sua construção custou cerca de 200 milhões de libras (US$ 263 milhões).

As turbinas eólicas são instaladas no leito oceânico desde a década de 1990. O ato de levá-las para alto-mar normalmente aumenta as velocidades dos ventos e reduz as queixas dos vizinhos, mas a prática também tem sido limitada a mares relativamente rasos.

Segundo a vice-presidente-executiva, “o Hywind pode ser usado para profundidades de água de até 800 metros, abrindo assim áreas até então inacessíveis para os parques eólicos offshore”.

A Statoil também instalou um de seus dispositivos de lítio Batwind, capaz de armazenar 1 megawatt-hora de energia. Isso ajudará a estabilizar o fluxo de energia gerado pelo parque eólico.

“Sabendo que até 80% dos recursos eólicos offshore estão em águas profundas, inadequadas para instalações tradicionais fixadas no fundo, a expectativa é que os parques eólicos offshore flutuantes desempenhem um papel significativo para o crescimento da energia eólica offshore daqui para a frente”, afirmou Irene Rummelhoff.