WHAT'S NEW?
Loading...

EMPREGOS: Programa terá R$ 130 bilhões para concluir mais de 7 mil obras

Resultado de imagem para noticias trecho  obras
O programa prevê a conclusão de obras de saneamento, creches, unidades básicas de saúde, recuperação de pistas de aeroportos e duplicação de rodovias, entre outras iniciativas. O Nordeste terá o maior número de obras finalizadas: 3.186, com investimentos de R$ 19 bilhões. Em seguida, vem o Sudeste, com 1.931 obras, totalizando R$ 52,51 bilhões.

Os recursos virão de três fontes: R$ 42,1 bilhões. do Orçamento Geral da União; R$ 29,9 bilhões, da Caixa Econômica Federal, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e R$ 58,9 bilhões, de empresas estatais do setor de energia, em especial a Petrobras.

Sem citar nomes, o presidente Michel Temer criticou aqueles que "pregam a paralisação do governo" e afirmou que fará "muito mais". "Esse é um governo que não para. Se em 17 meses fizemos tudo, aqueles que pregam a paralisação do governo vão se surpreender. Nós fizemos o que pudemos até hoje com grande efetivo resultado. Mas agora vamos fazer muito mais com o Programa Avançar", disse o presidente na cerimônia.

Ex-integrante do governo da ex-presidente Dilma Rousseff, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou que agora o conceito do programa (que foi considerado um "PAC repaginado") é de "responsabilidade". "Não há neste programa ideias fantasiosas, nem ideias magníficas." Os recursos, disse ele, já estão garantidos no Orçamento e as obras têm orçamento, datas para começar e terminar. "E colocamos o Brasil para crescer."

Não há detalhamento, porém, sobre quanto dos R$ 130,97 bilhões já foi aplicado neste ano e o que será injetado até dezembro de 2018. Mesmo sem detalhes, a busca por agendas positivas será o mote nos próximos meses, para transmitir a imagem de que a crise política foi superada.