WHAT'S NEW?
Loading...

Destaque em obra de saneamento

Destaque em obra de saneamento

O projeto Várzeas do Tietê, do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) do Estado de São Paulo, investe na recuperação das várzeas remanescentes na bacia do Alto Tietê, a montante da barragem da Penha, na Região Metropolitana de São Paulo. Trata-se de ações para o amortecimento das chamadas “ondas de cheias”, bem como na atenuação dos efeitos da ocupação desordenada.

A execução é aposta do DAEE para combate às enchentes na região. O projeto visa estratégias para limitação da vazão do rio Tietê, com intervenções diretas de engenharia hidrológica, aliadas à criação de parque em várzeas.

O consórcio Paulitec-Ferreira Guedes foi contratado pelo DAEE para a realização de macrodrenagem urbana, dentro do âmbito desse projeto. A obra envolve um canal de circunvalação, que é a canalização de 4,19 km, com execução de seção hidráulica projetada e revestimento do fundo, e laterais em toda extensão e nos desemboques, corrigindo a vazão e proporcionando proteção das margens.

Há ainda a construção de um “piscinão” com capacidade para acumular 415 mil m³. Trata-se de um reservatório de amortecimento de enchentes, com área de 100 mil m², provido com estruturas de controle para recebimento das águas dos córregos Cubas e Japoneses, e armazenamento e condução ao canal de circunvalação através de galeria de saída e vertedouro. A estrutura possui também galeria de extravasão em direção ao lago da Penha.

O reservatório possui revestimento em concreto no fundo e nos taludes laterais, além de pistas de serviços para manutenção e limpeza. Sua capacidade de reservação de água das chuvas contribui para diminuir os riscos de inundações nos bairros do entorno: Ponte Grande, Vila Augusta, Vila das Palmeiras, Macedo e região central de Guarulhos. Por fi m, o projeto inclui a execução das comportas e a instalação das mesmas em sistema automático, com acionamento por equilíbrio hidrostático, com controle de nível de jusante do reservatório, que impede, na época das cheias, a contribuição das águas do Tietê ao reservatório.