WHAT'S NEW?
Loading...

Confiança do empresário de serviços atinge maior nível desde 2014

Resultado de imagem para  empresário de serviços

O Índice de Confiança de Serviços, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), avançou 2,2 pontos de setembro para outubro. O indicador alcançou 87,8 pontos em uma escala de zero a 200, o maior nível desde outubro de 2014.

A confiança aumentou para empresários de nove das 13 principais atividades pesquisadas. Eles estão mais confiantes quanto ao presente porque o Índice da Situação Atual cresceu 2,3 pontos e também quanto ao futuro porque o Índice de Expectativas aumentou 2,1 pontos.

Empresas querem contratar

O Indicador de Tendência do Emprego no Setor para os próximos meses ficou em 101,3 pontos em outubro, ultrapassando a barreira dos 100 pontos pela primeira vez em 34 meses. As empresas que planejam contratações (16,5%) superam as que tencionam cortes (14,5%).

O Nível de Utilização da Capacidade (Nuci) do setor de serviços chegou a 83% em outubro, avançando 1,5 ponto percentual sobre setembro e alcançando o seu maior valor desde janeiro de 2016.

De acordo com a FGV, os empresários têm agora uma leitura mais favorável sobre o ambiente de negócios e o padrão de melhora generalizada na percepção empresarial “deve se sustentar nos próximos meses, salvo a ocorrência de algum fato impactante vindo do campo político”.