WHAT'S NEW?
Loading...

Presidente da Petrobras destaca resultados após mudança de rumos na empresa

Resultado de imagem para jornal Financial Times, em Nova York (EUA) parente

Redução de gastos, nova política de reajustes e uma governança voltada a resultados permitiram a diminuição da dívida da Petrobras e prepararam a empresa para receber mais investimentos. Essa é a avaliação feita pelo presidente da companhia, Pedro Parente, durante seminário promovidoem Nova York (EUA).

“Temos hoje a empresa com produção crescente e com redução da previsão de investimentos, muito embora a empresa ainda vai ser a principal investidora no País”, disse Parente. “Nessa orientação de redução do endividamento, a nossa meta é que ela corte à metade do que foi em 2015 até o final do ano que vem”, apontou.

Na avaliação dele, a Petrobras possui o potencial de investir US$ 75 bilhões nos próximos cinco anos diante das novas medidas de gestão da empresa. Além disso, o plano de desinvestimentos da empresa, que inclui a venda da BR Distribuidora, pode atrair cerca de US$ 40 bilhões nos próximos dez anos.

“Essas parcerias em desinvestimentos geram um caixa importante para a redução do nosso endividamento e atrai parceiros, investidores, que vão colocar recursos que não poderíamos”, disse.