WHAT'S NEW?
Loading...

Porto Itapoá comemora 6 anos e tem obras de expansão sendo executadas

Resultado de imagem para Porto Itapoá obras expansão

O Porto Itapoá completou seis anos de operação em junho deste ano. A data foi celebrada com a conquista de outro marco histórico: o recorde de 34 mil contêineres movimentados pelo Terminal num único mês (junho). O feito contribuiu para que o primeiro semestre de 2017 registrasse um expressivo incremento nos volumes de contêineres movimentados no longo curso (importações e exportações).

Em relação ao mesmo período de 2016, o Porto Itapoá registrou o maior volume de importações de sua história, com um aumento de 34%. As exportações registraram alta de 12% no período; e as cargas de Cabotagem, de 24%.

Para o Diretor Comercial do Porto Itapoá, Roberto Pandolfo, o aumento dos volumes do Porto Itapoá, ano a ano, tem um significado muito importante.

“Do ponto de vista financeiro, esse incremento é obviamente significativo e, comercialmente, o aumento constante nas cargas de importação e exportação demonstra que o Porto Itapoá está consolidado como uma importante via logística de entrada e saída para a indústria brasileira”, explica Pandolfo.

No bom desempenho geral no semestre, o destaque foi para o mês de junho. Foram 34 mil unidades movimentadas, sendo 11,2 mil unidades de exportações e 8,4 mil unidades de importações. Parte deste volume é fruto da operação especial do Terminal para atender à demanda dos clientes que enfrentaram dificuldades para movimentar suas cargas durante o período de fortes chuvas em Santa Catarina.

Situado na Baía da Babitonga (litoral Norte de Santa Catarina), em águas abrigadas, o Porto Itapoá oferece mais segurança para a navegação e as operações portuárias. Esse tem sido um importante diferencial para a cadeia logística catarinense que, mesmo em situações climáticas adversas, não precisa migrar suas operações para portos de outros Estados.

Obras de Expansão

Somada à intensa movimentação de contêineres no primeiro semestre de 2017, o Porto Itapoá está, em paralelo, desenvolvendo a ampliação de suas instalações. Com as obras de expansão, iniciadas no segundo semestre de 2016, sua capacidade de movimentação de cargas passará dos atuais 500 mil TEUs (medida padrão para contêiner de 20 pés) para 2 milhões de TEUs anuais.

Com investimentos que somam R$ 500 milhões, o projeto tem prazo de conclusão de até cinco anos. A área física do Porto passará dos atuais 150 mil m² para 450 mil m². O cais, que hoje tem 630 metros de comprimento, passará a ter 1,2 mil metros. Até maio de 2018, a previsão é de que pelo menos mais 100 mil m² de pátio e 170 metros de píer estejam prontos para a operação. Com isso, a capacidade de movimentação, já em 2018, poderá ser de 1,2 milhões de TEUs/ano.