WHAT'S NEW?
Loading...

Chevron corta custos no Brasil e eleva nível de eficiência, diz presidente

Resultado de imagem para pre sal Chevron

A petroleira Chevron fez um esforço para reduzir seus custos no Brasil, em um período de baixa na cotação do petróleo, o que permitiu uma elevação do seu nível de eficiência em 2,2 pontos percentuais entre 2015 e 2017, disse o presidente da empresa no Brasil, Javier La Rosa.

Segundo dados publicados pelo executivo durante uma palestra na OTC Brasil, versão brasileira de um dos maiores congressos de petróleo do mundo, esse patamar subiu de 95,6 para 97,8 por cento no período.

La Rosa, no entanto, não explicou em detalhes como calcula seu nível de eficiência.

Para justificar a melhoria, o executivo citou melhoras de performance em operações, contratos, logística, além de adoção de novas tecnologias e técnicas de inovação.

“Um dos focos foi a redução dos custos de operação e tivemos redução de 45 por cento nos últimos dois anos trabalhando com parceiros, contratos ajustados, logística, tecnologia e inovação”, disse ele, durante sua palestra.

O executivo afirmou em sua palestra que o Brasil é uma oportunidade para as empresas de petróleo, mas citou como desafios a exploração em águas profundas e os custos mais elevados.

“As empresas olham para Brasil por conta de reservas, mas olham para outros portifólios no mundo também para suas decisões”, frisou La Rosa.

O executivo da empresa norte-americana deixou o local sem dar entrevistas.