WHAT'S NEW?
Loading...

Quadrilha invade lava-rápido e fura duto da Petrobras para furtar derivado de petróleo

Resultado de imagem para Quadrilha invade lava-rápido e fura duto da Petrobras para furtar derivado de petróleo

A polícia desarmou um esquema montado para furtar nafta, um derivado do petróleo, de um duto da Petrobras. Tudo era feito dentro de um antigo lava-rápido no município de Santo André em São Paulo.

O crime ocorria no fundo do estabelecimento, que fica na Avenida Sapopemba. Lá, a quadrilha perfurou um duto para furtar nafta, que é usada como matéria prima de indústrias químicas. Segundo a polícia, os criminosos usam a nafta para adulterar gasolina.

A invasão do duto foi percebida no começo da tarde de sexta-feira (8). Alguém tinha perfurado a tubulação e os técnicos da Transpetro chamaram a polícia. Quando os policiais chegaram, os ladrões tinham fugido.

Quem mora por perto se assustou com o cheiro que saiu do antigo lava-rápido já na noite de sexta. A nafta pode causar irritação no nariz, náuseas, dor de cabeça, tontura e vertigem.

Uma área num raio de 200 metros está sendo monitorada. Técnicos vão de casa em casa para tranquilizar as pessoas.

Na manhã do último sábado (9), as equipes da Transpetro trabalharam para fechar a tubulação e retirar solo contaminado. A Cetesb, companhia de tecnologia e saneamento ambiental, acompanhou o trabalho. Não há risco para os moradores.

No estado de São Paulo, nos primeiros cinco meses do ano, a Transpetro registrou 27 furtos de combustíveis dos dutos.

A Transpetro, que opera o duto da Petrobras, disse que está colaborando com as investigações e que os moradores podem ligar no telefone 168 em caso de dúvidas.