WHAT'S NEW?
Loading...

IBP amplia debate e reúne dois dos maiores eventos da indústria

Resultado de imagem para Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP

O Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), De olho na retomada da indústria de petróleo e gás do Brasil, promoverá de 24 a 26 de outubro, dois eventos que visam debater os desafios para transformar o segmento de óleo e gás do amanhã. Pela primeira vez, a OTC Brasil e o congresso Rio Pipeline acontecerão paralelamente, o que possibilitará uma discussão mais ampla – desde o midstream até o upstream –, reunindo os principais players nacionais e internacionais no Riocentro, Rio de Janeiro.

“Este ano reunimos dois dos maiores eventos da indústria de petróleo e gás com a intenção de ampliar o alcance das discussões em um momento em que o setor ganha fôlego, especialmente no Rio de Janeiro – onde estão 82% das reservas provadas do Brasil e 70% da produção nacional”, afirma Jorge Camargo, presidente do IBP. “O objetivo é que as programações reflitam o otimismo das companhias que operam no país, destacando os avanços tecnológicos de produtos e serviços e abordando as mudanças no mercado”, complementa. A OTC Brasil e a Rio Pipeline acontecem às vésperas das duas novas rodadas de leilões do pré-sal da ANP, que serão realizadas no dia seguinte aos eventos.

Em sua quarta edição, a OTC Brasil 2017 – organizada pelo IBP em parceria com a Offshore Technology Conference (OTC) – promoverá 26 sessões técnicas e 16 painéis, apresentando tecnologias com sucesso comprovado na exploração offshore e em águas. Entre as sessões especiais, temas como o desenvolvimento de Libra e do pré-sal, as oportunidades, desafios e perspectivas para exploração e desenvolvimento no Brasil, e estratégias de E&P para alcançar o sucesso em um cenário de preços baixos.

“O pré-sal brasileiro já ultrapassou a marca de 1 bilhão de barris em apenas seis anos de produção de petróleo no campo de Lula, o maior em operação no país. A marca nos posiciona com uma performance única na história da produção de petróleo offshore, especialmente se comparado a outras regiões produtoras do mundo. Este volume só foi alcançado após 14 anos de produção comercial na parte norte-americana do Golfo do México e em oito anos no Mar do Norte”, explica Camargo.

A OTC Brasil terá a participação de nomes como Fernando Coelho, Ministro de Minas e Energia; Décio Oddone, diretor geral da ANP; Pedro Parente, presidente da Petrobras; Maxime Rabilloud, presidente da Total E&P Brasil; Anders Opedal, vice-presidente executivo da Statoil e presidente da Statoil Brasil; Andy Brown, diretor global de Upstream da Shell; Jesus Grande, presidente e CEO para América Latina da Baker Hughes, GE Company; e Bradley Dean Beitler, vice-presidente executivo de tecnologia e R&D da TechnipFMC.

Rio Pipeline — Com o lema “Conectando o Futuro: Tendências e Desafios”, a edição 2017 da conferência Rio Pipeline reunirá importantes especialistas do segmento dutoviário, do Brasil e do exterior, para discutir as grandes demandas do setor. Acompanhando o momento de transição do segmento de downstream no Brasil, bem como a adoção de tecnologias disruptivas para a otimização das práticas atuais, ao longo do evento será promovido o debate, por exemplo, dos desafios tecnológicos do setor para as próximas décadas, da atividade de transporte na produção offshore e do papel dos reguladores frente ao futuro da atividade dutoviária.

“Será o encontro da comunidade de dutos, permeado por conteúdo técnico de alta relevância, networking e possibilidade de negócios, em um ambiente de sinergia com a OTC Brasil”, diz Milton Costa Filho, secretário geral do IBP.

A programação prevê ainda seis fóruns técnicos – com assuntos que vão desde o uso de drones em faixas de dutos e a nova regulação prevista para essa tecnologia, até a integração de soluções como big data analytics e imagens 3D aplicadas a pipeline, passando pelos desafios e benefícios da certificação de pessoas para serviços no segmento.

Paralelamente, também serão realizados três workshops, sendo um deles dedicado ao gerenciamento de salas de controle de dutos —com a participação de operadoras de dutos de gás e líquidos, onde serão discutidos temas como: normalização/legislação/regulação, situação do CRM (Control Room Management) nas salas de controle da América do Sul e América do Norte, estratégias das empresas operadoras para cumprir requisitos legais ou normativos e boas práticas.

Na área da exposição, no espaço intitulado Arena do Conhecimento, também estarão acontecendo palestras sobre assuntos transversais à indústria, como capacitação e recolocação no mercado, gestão do conhecimento, equidade de gênero e jovens profissionais.

As inscrições para a Rio Pipeline e a OTC Brasil já estão abertas e dão direito à participação em ambos eventos: http://www.otcbrasil.org/ e http://www.riopipeline.com.br.

Dias 24 a 26 de outubro de 2017, com conferências de 9 às 18h e Exposições de 12 às 20h no Riocentro, Rio de Janeiro. Av. Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro(RJ).