WHAT'S NEW?
Loading...

Operações no Porto de Paranaguá voltam ao normal após recuo do mar

Resultado de imagem para Operações no Porto de Paranaguá

O recuo do mar ao longo do litoral do Paraná prejudicou as operações no Porto de Paranaguá, já que o Canal da Galheta ficou fechado até a manhã da última terça-feira (15), impedindo os navios de atracarem. A diminuição súbita da maré intrigou a população durante o fim de semana, que chegou a especular a possibilidade de um tsunami. A água do mar chegou a baixar mais de cinco metros em alguns locais.

Imagem relacionadaO serviço de meteorologia da Marinha do Brasil informou que o recuo não tem ligação nenhuma com a ocorrência de tsunamis ou terremotos em alto mar. O fenômeno ocorreu por conta dos ventos fortes e constates de nordeste que sopraram contra a costa desde sexta-feira.

Segundo especialistas da Marinha, a persistência dos ventos está relacionada à passagem de um anticiclone pelo mar.

Além do Porto de Paranaguá, o Porto de Itajaí, em Santa Catarina, também permaneceu fechado durante o fim semana, reabrindo na manhã desta terça-feira.

O fenômeno raro, que atingiu todo o litoral sul do Brasil e uma parte do litoral de São Paulo, foi o mesmo registrado nas praias do Uruguai.

O nível das marés voltou ao normal.