WHAT'S NEW?
Loading...

Ford adota novas tecnologias para montar o EcoSport


Resultado de imagem para Ford adota novas tecnologias para montar o EcoSport

A Ford introduziu novo sistema de montagem de carroceria com medição a laser na fábrica de Camaçari, na Bahia, para a produção do EcoSport 2018, similar ao aplicado na moderna unidade que produz o Mustang em Flat Rock, nos Estados Unidos. Segundo a montadora, a nova tecnologia destaca-se por oferecer alta precisão nos parâmetros de montagem.

Os investimentos na fábrica foram iniciados há dois anos e incluem também a instalação de 22 novas máquinas robotizadas na área da carroceria, novos manipuladores e equipamentos na linha de montagem e um amplo programa de treinamento para todos os operadores. Desde março, a unidade opera em três turnos como preparação para o lançamento.

O sistema a laser, chamado “Net Forming & Piercing”, garante alto nível de ajuste na montagem da parte dianteira do veículo: escaneia cada peça individualmente e, por meio de cálculos vetoriais, fornece aos robôs os pontos exatos para a sua furação.

“O Novo EcoSport é o segundo veículo no mundo, depois do Mustang, a utilizar esse processo. Ele elimina eventuais variações dimensionais nas peças e traz uma precisão maior na montagem, com tolerâncias de menos de meio milímetro”, diz Silvio Illi, gerente do Complexo Industrial Ford Nordeste.

Prensas automatizadas - Na estamparia, que conta com linha de prensas automatizadas de alta capacidade, na base de 800 peças/hora, foram instalados novos ferramentais para a produção de peças mais complexas, como o capô, teto solar e painéis de portas do veículo.

Além disso, a linha de montagem ganhou um fluxo mais eficiente com mudanças no layout e no sequenciamento de peças. Os pneus, por exemplo, são abastecidos por um novo transportador aéreo com sistema de caracol e novos braços pneumáticos foram adotados para a instalação de itens como teto solar, capô e radiador.

O gerenciamento da qualidade também ficou mais sofisticado, com um sistema à prova de erro que reconhece o veículo sendo montado na linha e, por meio de luzes, direciona o operador para as peças corretas a serem utilizadas. O sistema faz ao mesmo tempo o controle de estoque e avisa se uma peça errada for retirada.

Outra novidade são as antenas de radiofrequência instaladas na linha para ativar automaticamente o sistema de monitoramento de pressão dos pneus – item de série em todas as versões do Novo EcoSport. Para checar a parte eletrônica e a arquitetura elétrica totalmente nova do veículo é usado um sistema avançado de programação, ajuste e diagnóstico, chamado ECATS.

“Com o investimento feito em manufatura, tecnologia e treinamento, tudo contribui para a fábrica funcionar como um relógio”, destaca Silvio Illi. “O Novo EcoSport é um dos melhores lançamentos que já fizemos, com um grande entrosamento entre todas as áreas envolvidas, e estamos preparados para acelerar a produção.”