WHAT'S NEW?
Loading...

Força-tarefa da Lava Jato pede prisão de ex-gerente da Petrobras

Resultado de imagem para Luiz Carlos Moreira da Silva Petrobras

O Ministério Público Federal pediu na última terça-feira (15) ao juiz Sérgio Moro a prisão preventiva de Luiz Carlos Moreira da Silva, ex-gerente da área Internacional da Petrobras, apontado como consultor da compra da refinaria de Pasadena (EUA).

Para os procuradores da força-tarefa da Lava Jato, a prisão é a "única forma de assegurar que o acusado pare de movimentar recursos ocultos no exterior, o que impossibilita a recuperação do produto dos crimes por ele cometidos."

Além disso, o MPF pediu a manutenção da prisão preventiva de Jorge Luz e do filho dele, Bruno Luz, apontados como operadores financeiros ligados ao PMDB no esquema de corrupção da Petrobras.

Para os procuradores, se forem soltos, os réus "poderão manejar o produto dos crimes ainda não recuperados e que permanecem ocultos."